quinta-feira, 24 de abril de 2014

Amarildo: "Felipe Anderson é um ótimo jogador"

"Para mim é um prazer retornar a Roma depois de tantos anos. É sempre bom reencontrar os torcedores da Lazio que gostavam tanto de mim". O brasileiro Amarildo jogou apenas uma temporada no primeiro time da capital italiana, e não teve um desempenho espetacular, mas mesmo assim é até hoje muito querido pelos laziali. De volta à Cidade Eterna, o ex-atacante falou aos microfones da rádio Lazio Style e relembrou sua rápida passagem pela equipe biancoceleste, destacando ainda jogadores do elenco atual, como conterrâneo Felipe Anderson.

Amarildo e Felipe Anderson em um encontro dos "Atletas de Cristo" (Foto: Reprodução/Facebook)

Apesar de ser fortíssimo no jogo aéreo, Amarildo marcou apenas nove gols em 31 jogos com a camisa da Lazio, que passava por um momento de transição. "Eu jogava no Brasil, depois fui para o Celta de Vigo. Era a época de Hugo Sánchez e Butragueño. A Lazio contratou-me um dia após eu marcar dois gols numa partida contra o Real Madrid. Eu não era um jogador técnico, mas tinha muita vontade em campo. Para vencer na Itália é preciso ter garra e dinamismo", disse.

Reprodução/Facebook
O curitibano também falou sobre o momento atual do seu ex-clube: "Acompanho e comento o futebol italiano. A equipe biancoceleste está tendo um rendimento oscilante, mas tem também muitos jovens que em dois anos serão importantes. Felipe Anderson é um ótimo jogador, é muito bom tecnicamente. Está em seu primeiro ano na Itália e certamente conseguirá firmar-se na próxima temporada", contou Amarildo.

Finalmente, Amarildo, que é muito religioso e faz parte do grupo "Atletas de Cristo", mandou um recado aos adeptos da Lazio: "Espero ter deixado uma mensagem positiva e que a Lazio possa conseguir bons resultados. Tenho carinho por todos os torcedores. Um abraço a todos os dirigentes e jogadores. Que Deus vos abençoe".


sábado, 19 de abril de 2014

A Lazio empata no último segundo contra o Torino

Após um jogo espetacular, Lazio e Torino empataram 3 a 3. É um resultado que deixa ambas infelizes e mais longe da Liga Europa. A Lazio esteve liderando por duas vezes, mas só no último segundo conseguiu evitar uma derrota desastrosa. Pela terceira vez seguida, os biancocelesti terminaram com dez homens no campo.

Os Laziali festejam o primeiro gol de Candreva.
Mais uma vez, Reja decidiu escalar um time sem atacantes, com o capitão Mauri no papel de "falso nueve". Por sua parte, Ventura teve que renunciar à estrela do seu time, Cerci, que estava suspenso, mas pôde contar com Ciro Immobile, o melhor marcador da Serie A.

A Lazio não começou bem, e quase marcou um gol contra após uma intervenção péssima de Cavanda sobre um cruzamento de Darmian. Só um ótimo Berisha conseguiu evitar a vantagem granata. A Lazio respondeu com duas ótimas oportunidades, primeiro para Candreva e depois para Mauri, que não souberam concretizar. Quando a primeira parte já estava por terminar, em ação de tiro livre Biglia encontrou Novaretti na área, o zagueiro passou de cabeça para Mauri que empurrou para as redes. Foi 1 a 0 justo antes do descanso.

O Torino entrou mais convencido na segunda parte e mostrou porque é o equipo que mais marcou nos segundos 45 minutos. A defesa da Lazio, por sua parte, ajudou, mostrando uma grande lentidão. Isso permitiu a Meggiorini de passar para Kurtic, que marcou o gol do empate.

A Lazio pareceu sofrer o golpe, mas uma grande combinação entre Mauri e Keita obrigou o goleiro Padelli a fazer falta no espanhol. Candreva cobrou fazendo um "Panenka" e colocou a Lazio de novo na frente. Mas os romanos nem tiveram o tempo de festejar. Depois de um escanteio, Tachtsidis fez um gol fantástico batendo sem chances para Berisha.

Reja então mudou o time, e fez entrar Postiga e Felipe Anderson no extremo esforço para vencer o jogo. Mas justo depois, Novaretti fez falta em Darmian e levou, de forma muito contestável, o segundo amarelo. A frustração dos laziali ainda aumentou quando o árbitro negou um possível pênalti por falta em Radu, e não expulsou Bovo e Glik, culpáveis de faltas parecidas à do zagueiro argentino.

O Torino aproveitou a situação. O atacante Immobile, um verdadeiro fenômeno, marcou de forma impressionante chutando um remate impossível para Berisha, fazendo o 2 a 3.

Quando tudo parecia perdido, um chute fraco de Felipe Anderson se virou assistência para Candreva, que controlou e bateu Padelli, marcando o inesperado gol do 3 a 3 quando faltava apena um segundo para o fim dos acréscimos.

Depois deste jogo, e graças à derrota do Parma frente à Inter, a Lazio segue com uma chance muito pequena de se classificar para a Liga Europa.

domingo, 13 de abril de 2014

Cana é expulso e Lazio perde para o Napoli de virada




Neste domingo (13), o Napoli recebeu a Lazio no San Paolo em jogo válido pela 33ª rodada da Serie A e conseguiu uma vitória de virada por 4 a 2. Higuaín, três vezes, e Mertens fizeram para os donos da casa enquanto Lulic e Onazi marcaram para os laziali.

Com a vitória, o Napoli chegou aos 67 pontos na terceira posição enquanto a Lazio manteve-se com 48 na sétima posição, mais longe da briga por uma vaga na Uefa Europa League.

Na próxima rodada da Serie A, a Lazio recebe o Torino enquanto o Napoli visita a Udinese. 

O Napoli começou a partida pressionando, mas a Lazio se aproveitava dos contra-ataques para chegar com perigo ao gol de Reina.

Aos 21 minutos, Mauri deu um belo passe para Lulic na área e o bósnio cortou o zagueiro e chutou sem chances para o goleiro do Napoli.

A Lazio teve chance de aumentar o placar com Felipe Anderson. O brasileiro fez boa jogada pela esquerda, deu um drible da vaga em Britos e chutou para boa defesa de Reina.

Atrás no placar, o Napoli buscou o empate e no primeiro lance Insigne recebeu na esquerda e bateu bem para uma defesa tranquila de Berisha. Mas aos 42 minutos, Mertens recebeu na intermediária, avançou e bateu sem chances para o goleiro da Lazio.

No começo do segundo tempo, logo aos três minutos, o belga Mertens fez boa jogada, invadiu a área e foi derrubado por Cana. O árbitro marcou pênalti e expulsou o albanês da Lazio. Higuaín cobrou e virou a partida para o Napoli.

A Lazio, com um a menos, só conseguia chegar ao ataque por meio das bolas paradas. Candreva e Ledesma tiveram chances, mas bateram muito mal as faltas. 

Aos 21 minutos, Higuaín foi lançado, venceu Novaretti na corrida e chutou sem chances para Berisha e marcou o terceiro do Napoli. 

Depois de levar o terceiro gol, a Lazio passou a atacar um pouco mais e perdeu duas boas chances com Candreva e Hélder Postiga. O italiano recebeu na direita e bateu cruzado, já o português dominou na área e foi travado pela defesa napolitana.

Aos 36 minutos, Onazi diminuiu para a Lazio. O nigeriano recebeu na esquerda, fintou o goleiro e completou para as redes. Mas nos acréscimos Higuaín venceu mais uma vez Novaretti e marcou o quarto do Napoli.